Sedativos

Os sedativos (ou “downers”) são uma categoria de drogas que desaceleram o funcionamento normal do cérebro.

Existem dois grupos de sedativos;
– Opióides: semelhantes aos já conhecidos opióides recreativos, mas com potencial para durar muito mais tempo.
– Benzodiazepinas: com propriedades sedativas, ansiolíticas, hipnóticas e antiespasmódicas – o efeito de algumas prolonga-se durante bastante tempo.
Estas NSP funcionam como as benzodiazepinas, o ópio e a heroína.

São exemplos o MT-45, AH-7921 e os novos fentanil (opióides) ou o diclazepam e o flubromazepam (benzodiazepinas).

Alguns dos riscos a curto prazo incluem a overdose, estados confusos e convulsões (após abstinência).
São riscos a longo prazo a dependência e problemas de cognição.

Os riscos são especialmente elevados se estas drogas forem misturadas com álcool ou com outros sedativos.
Os sedativos podem ser inalados, fumados, injetados ou ingeridos.

Para mais informação (relativamente técnica) sobre os diferentes sedativos, consulta esta página da Wikipedia. Não te esqueças que esta página não foi cientificamente verificada.

Fonte: 123