Estimulantes

ITambém conhecidos como “catinonas” ou “sais de banho”. São substâncias estimulantes (ou “upper”) que aumentam temporariamente o estado de alerta e a energia.

Fisicamente, aumentam os níveis sinápticos de serotonina, dopamina e/ou noradrenalina, provocando uma sensação de euforia e bem-estar; um “high”. Estas NSP funcionam como as anfetaminas e a cocaína.

São exemplos a Mefedrona, a Metilona e o alfa-PVP.
Alguns dos riscos a curto prazo incluem agitação, hipertermia, convulsões, delírios, acidentes vasculares cerebrais.
São riscos a longo prazo a depressão, dependência, deficiências cognitivas e psicose.
Os estimulantes são geralmente ingeridos (“bombing”) ou inalados. Também podem ser injetados (“slamming”), o que é pouco comum.

Para mais informação (relativamente técnica) sobre os diferentes estimulantes, consulta esta página da Wikipedia. Não te esqueças que esta página não foi cientificamente verificada.

Fonte: 123